sexta-feira, 8 de março de 2013

Um dia para refletir

Foto: Ehsan Khakbaz via Photopin cc

Esta semana, eu estava andando pelo centro de São Bernardo quando um garotinho de cinco ou seis anos me entregou um pequeno ramo de margaridas. Ele explicou que era uma homenagem ao Dia da Mulher, comemorado hoje.  Todas as mulheres que passavam pelo local ganhavam flores dele. Logicamente, a mãe do menino estava por perto, orientando o filho na distribuição.
Um gesto simples, mas tão lindo! Quem dera se todas as mães ensinassem seus filhos a respeitarem e valorizarem as mulheres desde pequenos...
Não existiriam tantos casos de violência doméstica ou sexual.
Não haveria tanta discriminação, tanto desrespeito.

Ainda hoje, milhões de meninas são abortadas em países como Índia e China, pelo simples fatos de pertencerem ao sexo feminino.  
Ainda hoje, milhões de garotas são obrigadas a se casarem contra a vontade ainda na adolescência, por imposição de suas famílias.
Ainda hoje, milhões de mulheres são forçadas a se prostituírem, muitas vezes pelas próprias famílias.

Mesmo nos países onde existem os direitos da mulher (ao menos teoricamente), elas ainda sofrem com o machismo dentro e fora de casa. Muitas vezes, ganham salários inferiores aos dos homens, embora executem o mesmo trabalho. E muitas enfrentam uma dupla jornada, tendo que cuidar sozinhas da casa e dos filhos.
No último século, as mulheres realizaram várias conquistas importantes. Mas ainda temos um longo caminho pela frente.
Meus parabéns a esse menino e à mãe dele. Que o exemplo de vocês possa inspirar outras pessoas a valorizarem mais as mulheres. Não apenas no dia 8 de março, mas em todos os dias do ano.